Primeira publicação da obra ‘O Diário de Anne Frank’: 25 de junho de 1947


 

    Referimos hoje os 75 anos decorridos sobre a primeira publicação de uma obra lida pelos nossos alunos do 3.º ciclo, quer como projeto individual de leitura, quer como leitura para informação e estudo em sala de aula.

 

    «Anne Frank morreu no campo de concentração de Bergen-Belsen, em 1945, a dois meses do final da guerra na Europa. O seu diário, um dos livros de não ficção mais lidos em todo o mundo, foi publicado pela primeira vez em 1947, por iniciativa do seu pai. Setenta e cinco anos depois, a Livros do Brasil lança uma edição aumentada da versão definitiva de O Diário de Anne Frank, que inclui novo prefácio, cronologia, glossário e biografias.»


   "Espero poder confiar-te tudo, como nunca pude confiar em ninguém, e espero que venhas a ser uma grande fonte de conforto e apoio”, escreveu Anne no seu célebre diário, a 12 de Junho de 1942, dia do seu 13º aniversário. 


   Durante dois anos, a jovem registou a sua experiência durante a ocupação nazi da cidade de Amesterdão, que a levou a esconder-se num pequeno anexo secreto, juntamente com a sua família e um grupo de outros judeus. Foram encontrados em Agosto de 1944 e Anne morreu um ano depois. 


Fonte: Time Out

 

A Google dedica hoje um doodle à presente efeméride. O mesmo pode ser consultado aqui (utilizar setas do lado direito das imagens, a fim de poder seguir a informação).

 

 


 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dê a sua opinião.